quarta-feira, 29 de janeiro de 2014
Olá meninas, tudo bem? 
Eu fiquei uma semana sem postar, pois, estou passando por um momento muito difícil, num momento complicado onde tudo acontece de uma vez só. 
Primeiro queria dizer que o blog é para falar assuntos diversos, desde sobre séries, filmes, produtos de cabelos, esmaltes, inspirações de looks, comprinhas, desabafos, vida real, sobre tudo mesmo. Eu tenho o blog como um cantinho meu que eu falo aquilo que me desperta. Sempre tive vontade de falar mais dos meus sentimentos, pensamentos, dúvidas e poder dividir com vocês no sentido de compartilhar minha experiencia com vocês e vocês fazerem um feedback respondendo como é aquilo para vocês, como passaram por tal situação, como vocês reagiriam. 
O que me impede um pouco de escrever mais sobre esses temas é o julgamento das pessoas, principalmente aquelas que me conhecem. Eu sei que muita gente pensa que eu deveria escrever sem me preocupar com os outros, mas é um pouco complicado, nesse mundo de internet é aberto para qualquer um e para várias interpretações, temos que aceitar as diferenças e divergências. E eu tenho muito medo de que em vez de ter uma resposta positiva aconteça exatamente ao contrário.

2014 é um ano de mudanças e decidi que vou arriscar e escrever mais sobre sentimentos, sobre o dia-a-dia, pensamentos, desejos e principalmente minhas dúvidas. Espero que muitas de vocês entendam e que gostem. E da mesma forma que eu compartilhem nos comentários o que vocês acham, as coisas que vocês passam e que seja um momento de aprendizagem para todas nós.

Porque eu decidi isso agora? Bom eu tenho uma amiga que mora no Canadá, acho até que já comentei sobre ela aqui no blog. A Mel (Melissa) mora fora do Brasil tem muitos anos e nosso contato é via internet, por e-mail já que ela não gosta de Facebook. Sim, existem pessoas que não gostam e vivem muito bem com isso. Pensando sobre isso de redes sociais pode até ser um tema a vim parar aqui no blog. 
Voltando na Mel, conversando com ela esse final de semana, chegamos a conclusão que eu devo viver minha vida em única e exclusiva função da minha felicidade. Perder o medo de ouvir um não, medo de arriscar, o medo de ser contrariada, o medo de abrir mão de coisas que amo por conta de outras pessoas sejam as conhecidas como família, como as desconhecidas que são as minhas leitoras ou até mesmo quem esta passando aqui pelo blog hoje pela primeira vez. A vida é muito curta para não aproveitarmos e ser jogada fora com o MEDO!!!!

Porque de tudo isso?
Essa semana eu fiquei solteira, foram 6 anos de namoro e é muito difícil falar disso aqui no blog. Era um relacionamento de muita desconfiança, brigas, altos e baixos, problemas com a família, distância, e principalmente muito comodismo. Hoje eu vejo que de ambas as partes, os dois queriam ser felizes mas nenhum tinha coragem de terminar com o outro até que um vacilou e jogou a "merda no ventilador" (se assim posso dizer)!! Ouvir a verdade foi destruidor, achei que meu mundo ai acabar ali, contudo, como eu sempre fui desconfiada já estava até preparada. Meio louco essa história, quem sabe um dia eu crie coragem e conte toda a verdade por aqui!!! 
Ainda não estou preparada para falar muito sobre esse assunto, pois, estou sofrendo muito. Estava acostumada com uma rotina que é o que eu mais sinto falta. O horário que ele me ligava, as coisas que me lembravam ele, a viagem que íamos fazer (que até comecei a montar post pro blog e que vou continuar porque mesmo sozinha eu quero ir viajar). Hoje assinando a minha festa de formatura quando vi que não vou ter par para dançar valsa e era um dos momentos que mais queria na minha festa, bom disso fica o consolo que tenho até 2016 para arrumar outro namorado! srsrs

Como eu disse ainda estou muito mal com o fim do namoro, muita coisa se perder nesse processo, são os amigos que ficam no meio do caminho, nossas famílias que sofrem junto com a gente e que com o tempo o contato acaba, tem muitas coisas que envolvem e que são difíceis de explicar. Tem muitas responsabilidades e decisões que precisam ser tomadas e assumidas que mudam a nossa vida. A minha maior decisão foi de levantar a cabeça, não me prender no passado e pensar que tenho um futuro muito promissor e feliz vindo por aí. Quando eu leio esse post fica parecendo coisa de recalcada né, a garota que perdeu o namorado e esta choramingando pelos cantos. E quer saber, pode até ser! Chorei bastante, mas chorei muito, hoje, nenhuma lagrima, muitos pensamentos, amanhã previsão para sem lágrimas, e isso vai a cada dia. Se fosse fácil não teria graça né, no minimo eu seria um robô, mas sou um ser humano com falhas e muitooosss sentimentos. 

Depois de conversar com a Mel minha cabeça abriu para muitas coisas inimagináveis e como me sinto melhor, me sinto como se fosse liberta e pronta a próxima sabe. Pensando nisso como seria bom algumas sessões com uma psicóloga!  Ter alguém experiente para conversar com você, jogar limpo com você e fazer enxergar o que estava ali na sua cara e você não via sabe! Nossa hoje eu paro e penso:  " Meu Deus, como eu não percebi isso antes?" Ai são tantas coisas que poderia ficar aqui o dia inteiro escrevendo, desabafando.

Acho que todo mundo já sofreu de amor, principalmente amor não correspondido, então galera estamos juntos. Não vou deixar que isso afete em mais nada, muito menos aqui no blog, não no sentido de ficar sem postar. Já perceberam que dividir alivia os ombros??? É mais ou menos assim que me sinto agora. E saber que alguém já passou por isso e que mesmo que não responda nos comentários sei que esta pensando no que passou, como superou e pensando "ihh coitada" !!!! kkkkk

Não estou acostumada a ficar sozinha, embora, na verdade eu era sozinha mas com status no Facebook de namorando!!! (frases de Mel). Agora estou sozinha, sem status me delimitando quem eu posso conversar ou não, lugares que posso ir ou não, pessoas que posso beijar ou não, responsabilidades que assumo ou não e que eu sou a única responsável por decidir minhas coisas e lutar pela minha felicidade. Vai ficar vago algumas informações, porque também não cabe contar detalhes da minha vida íntima e detonar outra pessoa, sabendo o lado dele que também pode ter coisas contra mim. Resumindo é mais ou menos assim: com o tempo eu vou aprendendo, tenho ainda 11 meses para ser feliz. Carnaval esta logo aí! Rssrrsrs

Poderia ficar aqui escrevendo até cansar, mas sei que é chato ficar lendo, lendo sem parar. Infelizmente esse é um dos pontos negativos de blogs que tem essa função, tem alguns assuntos que se for feito escrito dá muita leitura e muitas meninas desistem de ler na metade do caminho ou nem isso. Rsrsrs. 
Vamos ver como vai fluir o papo para semana que vem. Que tal deixar um dia para momentos reflexivos e os outros sobre, moda, séries, produtos?????? Deixem nos comentários.

Mudando de assunto: 
A Mel tem uma festa para ir mês que vem e a festa tem tema e só pode entrar vestindo alguma peça branca. Na verdade, só pode entrar com peças brancas, ou no minimo mesclar com tons claros, mas nada que seja muito estampado e colorido. Pensando nisso ela comentou que estava procurando um vestido mas que achava ruim de comprar um vestido inteiro branco que fica parecendo sobra do Réveillon ou agente de saúde! kkk 
No fundo eu concordo com ela, acho estranho quando vejo alguém com vestido branco na rua e sempre penso que aquele vestido foi comprado pra usar no Réveillon. Só que não podemos ser assim presas nessa ideia, afinal temos que saber aproveitar as peças que compramos. Eu sou dessas que não compraria um vestido inteiro branco pro Réveillon porque depois não usaria, e esse é o mesmo motivo que a Mel, ela não quer um vestido inteiro branco sabendo que não vai usar depois.
Minha dica para ela era comprar um que pudesse usar com outras peças depois, exemplo, usar com uma blusa por cima ficando o vestido como saia, ou comprar uma saia estampada e usar a parte de cima do vestido e ela até gostou da ideia.

Já comentei aqui no blog sobre o lookbook e aproveitei e dei uma olhada nos vestidos brancos e mandei para a Melissa. O legal do lookbook é que tem gente do mundo todo e você pode selecionar por cidade e país, assim você olha onde a menina comprou a peça e pode ir na loja ver se ainda tem, quem sabe você dê sorte!!
Pensando no blog eu selecionei algumas peças, vamos ver?



Achei todos os modelos legais, bonitos, simples e românticos. O que depende da escolha, por exemplo, para a Mel é o tipo de festa que ela vai. Se for um evento mais formal acho que o vestido 5 se encaixa melhor. Os demais modelos se encaixam em qualquer outros eventos.




Os vestidos 7 e 8 são super elegantes, apesar de que o 7 parece mais vestido de noiva. Adorei todos esses, apenas o modelo 10 que não agrado.
Nos exemplos 11 e 12 não são vestidos como podem ver, mas como tem tipos de festas que são mais tranquilas ficaria bem legal usar algo mais confortável e ao mesmo tempo bonito que são os shorts. Saia também é uma boa pedida.




Acho calça branca muito chique, sabendo usar fica bonito em qualquer ocasião. Os modelos que eu selecionei eram apenas para ilustrar. Esse modelo 13 eu amo, usaria com certeza no meu dia-a-dia. Uma outra opção são os macaquinhos, são peças leves e conforme o modelo, tecido, fica lindo. Gosto também do macaquinho, pois, podemos usar blusas por baixo de cores diversas e assim usar bastante sem medo de ficar repetitivo.

Não sei que tipo de festa a Melissa vai, apenas que ela tem que usar roupa branca, então para isso temos muitas opções. Como ela queria um vestido eu procurei mais modelos de vestidos. No lookbook não encontrei muitas inspirações de modelos brancos. É legal pesquisar também no Google sobre peças brancas de famosas. Fuja um pouco dos looks usados no Réveillon. Quem usou peças brancas no Réveillon podem aproveitar para uma festa apenas mudando os acessórios e sapato. Eventos formais opte por salto alto, balada opte por um salto que seja mais confortável, festa na praia ou mais informais use sapatilha, rasteirinha o que for mais confortável. 

Bom gente esse post ficou grande para compensar o de sábado que não postei nem o de segunda.
Espero que tenham gostado do post de hoje, desculpa por juntar dois em um e pelos meus dramas de sofredora.

Ahh tem vídeo novo lá no canal: Para assistir!!
Para acessar o lookbook: Aqui!!
Beijosssssssssssssssssssssssssssssssssssss

2 comentários:

  1. Olá, que lindo :3 amei. Segui e comentei, espero sua retribuiçãozinha no meu, que é novo ainda.

    www.ultraviolentes.blogspot.com

    Te espero. <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marília que bom que você gostou. Vou retribuir sim.
      Beijosss

      Excluir

Quem sou eu

Minha foto
Aliandra Souza,28 anos, formada em História pela UFJF. Formei, mas não sei o que quero fazer. Na verdade eu sei, só ainda não encontrei as ferramentas necessárias para ter o que quero. Gostaria de escrever um livro, fazer um roteiro para série, será que eu sonho muito? Aqui no blog você encontra um pouquinho de tudo que eu gosto, além de várias dicas bacanas. Adoro participação das leitoras, deixe seu comentário. É feito com muito carinho, espero que gostem!
Tecnologia do Blogger.

Redes Sociais

Anuncie Aqui!

Anuncie Aqui!